23.08.2013
O sotaque universal de Consuelo de Paula

Hoje na Sala às 20h:

 

Consuelo é cantora, compositora, poeta, diretora artística e produtora musical de seus próprios trabalhos. Durante sua carreira lançou Samba, Seresta e Baião (1998); Tambor e Flor (2002); Dança das Rosas (2004). Em junho de 2008 foi produzida no Japão a coletânea desses três álbuns, batizada de Patchworck, resultado de sua obra ter obtido destaque na capa do Guia Japonês Brasilian Music (Massato Asso), que selecionou os 500 melhores CDs da música brasileira de todos os tempos.

 

Em 2011, lançou seu primeiro livro, A Poesia dos Descuidos (Consuelo de Paula e Lúcia Arrais Morales), premiado pela Secretaria de Cultura do Estado de SP, e também seu primeiro DVD Negra, gravado ao vivo no Teatro Polytheama de Jundiaí.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share
18.06.2013
Jefferson Gonçalves na Baden

Nessa quinta-feira (dia 20) às 20h, o gaitista carioca tido como um dos mais talentosos em seu instrumento, lança seu primeiro box ao vivo na Sala Baden Powell.

Em “Encruzilhada Ao Vivo” Jefferson mostra composições próprias e em parcerias com músicos e amigos. Revisita clássicos do Blues como: Crossroads (Robert Johnson), Mellow Down Easy (Willie Dixon), Catfish Blues (Muddy Waters), entre outros. Jefferson e banda imprimem personalidade num som que flui com muita naturalidade mesmo quando acontecem as participações especiais e para esse show Jefferson Gonçalves e Banda contam com a participação especial do músico senegalês Hampaté que vem ao Brasil através do projeto Raízes para fazer uma residência artística e gravar com músicos brasileiros.

 

A banda formada por Kleber Dias (violão, guitarra e voz), Marco BZ (bateria), Fabio Mesquita (baixo) e Marco Arruda (percussão) não apenas acompanha o gaitista do CD e DVD, como também são seus companheiros de estrada, tão protagonistas quanto Jefferson Gonçalves neste produto maravilhoso.

 Ingressos: R$20,00/ R$10,00(MEIA)

Share
07.06.2013
Mestre Siqueira lança seu primeiro CD aos 75 anos

Integrante da última formação da banda de Pixinguinha e cavaquinista da Velha Guarda da Mangueira, Siqueira lança seu primeiro álbum aos 75 anos. O show acontece na Sala Baden Powell neste sábado, 8. O disco, batizado de "Siqueira Entre Nós", conta com participações de peso como Nilze Carvalho, Ronaldo do Bandolim e Dirceu Leite - e eles também estarão no palco. 

Siqueira é fera: já acompanhou ainda artistas como Jamelão, Alcione, Jards Macalé, Moreira da Silva, Dicró, Marlene, Emilinha Borba, Mário Alves, Beth Carvalho, Nelson Gonçalves, Rildo Hora e Seu Jorge.

Av.Nossa Senhora de Copacabana, 360

Inteira:R$ 20,00

Estudantes e idosos: R$ 15,00



Share
14.05.2013
Rio Som e Cena: Homenagem a Ernesto Nazareth

Esse ano o pianista compositor Ernesto Nazareth completaria 150 anos. Para prestar homenagem a sua obra, Luciana Barboza dirige um espetáculo multimídia com performances musicais do pianista Fernando Pellegrini e do baterista Oscar Bolão, acompanhadas das atuações de Duanny Dantas e Luiz Paulo Barreto. O espetáculo acontece nessa quinta-feira às 20h na Sala Baden Powell pelo projeto Rio Som e Cena. 

Share
25.04.2013
1 ANO DE RIO SOM E CENA

Mês de abril mais que especial! 1 ano do projeto Rio Som e Cena - Todos para a Sala! Obrigado aos que marcaram presença e curtiram shows, concertos, oficinas e espetáculos incríveis conosco. E, também, aos que curtiram e compartilharam cada post aqui. Vocês também fazem parte desse trabalho!

 

Share
17.04.2013
Musical da Broadway 'Grey Gardens' ganha montagem brasileira

O musical da Broadway "Grey Gardens" ganhou versão brasileira com direção de Wolf Maya e estreia na sexta (15).

O musical mostra a relação conturbada de mãe e filha, Edith e a pequena Edith, as excêntricas tia e prima da primeira-dama Jacqueline Kennedy. Grey Gardens é a mansão de East Hampton, balneário próximo a Nova York, onde Edith cria a filha e outros dois filhos.

Enquanto os irmãos mais novos conseguem seguir a vida adulta normalmente, a primogênita Edith fica presa à relação com a mãe. Entre frustrações na carreira artística e na vida amorosa, as duas permanecem em Grey Gardens para nunca mais sair.

Grey Gardens é a mansão de East Hampton, balneário próximo a Nova York, em que Edith cria Edie (ou Pequena Edith) e seus outros dois filhos, Phelan Jr. e Bouvier (Buddy). Enquanto os irmãos mais novos conseguem, quando adultos, descolar-se da casa e da família, a primogênita fica presa à relação com a mãe, ambas com vocações artísticas que não concretizam. Edie tenta ser modelo e atriz em Nova York, na década de 1940, mas fracassa e retorna para nunca mais sair de Grey Gardens.

 

A montagem marca a volta de Wolf Maia aos musicais após 10 anos (o último foi "Garota glamour", em São Paulo, em 2003).

Grey Gardens é considerado o primeiro musical feito a partir do documentário de uma família, o filme homônimo realizado em 1975 pelos irmãos Albert e David Maysles. Tem texto de Doug Wright, melodias de Scott Frankel e letras de Michael Korie (vertidas para o português por Jonas Calmon Klabin, com versões adicionais de Claudio Botelho, numa direção musical de Carlos Bauzys e Daniel Rocha).

 

Estreou em 2006 no circuito Off-Broadway, conquistando o prêmio de melhor musical do Outer Critics Circle. Christine Ebersole foi escolhida melhor atriz no Drama Desk, no Drama League Award e no Outer Critics Circle. Ela também ganhou o Tony, o principal prêmio do teatro americano, graças à temporada na Broadway entre 2006 e 2007.

 

A história também deu origem a um documentário e um longa-metragem, este último lançado em 2009 e estrelado por Jessica Lange e Drew Barrymore, que também conquistou diversos prêmios, incluindo os Emmy de melhor filme para TV e melhor atriz (Lange), e os Globo de Ouro de melhor filme para TV e melhor atriz (Barrymore).

 

(publicado originalmente no G1)

 

_____________________________________

Serviço

Quando: de 15 de março* de 2013 até 21 de abril

Onde: Sala Municipal Baden Powell, Av. Nossa Sra. de Copacabana 360 - Copacabana

Informações: (21) 2255-1067 ou www.greygardens.art.br

Horário: de quinta, às 20h, sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h

Duração: 120 minutos (incluindo intervalo de 15 minutos)

Classificação: não recomendado para menores de 10 anos

Capacidade: 400 lugares

Ingresso: R$ 80,00 - R$100,00 o inteiro **

* apresentação para convidados dia 20 de março, às 21h

** cota limitada de ingressos populares de 75% desconto (a R$20) a venda somente na bilheteria

Share
04.04.2013
Vem aí a estreia da temporada 2013 da Sala Baden!

RIO SOM E CENA | Todos para a Sala! é o projeto de residência artística da Burburinho Cultural para a Sala Baden Powell, em Copacabana. Trata-se de uma temporada de atividades culturais diversas, tendo a música como protagonista. Nosso foco é buscar o fortalecimento da Sala como um equipamento cultural dinâmico: espetáculos musicais de gêneros variados, música clássica, popular, música de câmara e grandes formações. 

 

O projeto trata da relação entre a música e a imagem. Confrontamos o cenário musical do Rio antigo com o Rio contemporâneo, dialogando com o público que predomina na Sala – o idoso – e buscando formar plateias joves. A ocupação alterna séries de shows com pequenas temporadas de musicais, fortalecendo o ritmo ascendente desses tipos de espetáculos no cenário cultural carioca e incluindo a sala Baden nesse circuito.

 

Retomamos nossa programação após quase um ano de residência artística, num esforço crescente de reconsiliação de plateias. Iniciamos a segunda fase da temporada com o espetáculo musical "Grey Gardens". Como a série "Trilhas Brasileiras", que abriu a primeira fase do projeto, o espetáculo flerta com o cinema, na medidade em que é baseado no documentário homônimo sobre as excêntricas tia e prima de Jacqueline Kennedy Onassis. O desenho da programação do RSC é também pontuado pelas interseções entre a música e as formas de produção audiovisual, em que criamos uma aderência entre o presente e o passado da Sala, que já foi um cinema.

Em 2012 trabalhamos direta e diretamente com figuras icônicas da música nacional, dando destaque para os centenários e datas comemorativas relacionadas a importantes artistas brasileiros. Em 2013, mantemos a proposta, trazendo grandes nomes e aumentando o espaço para novos artistas. Teremos temporada com os "Dzi Croquettes", séries musicais de black music e jazz, além de fortalecermos o espaço para a música clássica e instrumental. Os artistas intimamente relacionados à identidade atribuída ao bairro de Copacabana, onde a Sala Baden Powell está localizada, continuam marcando presença na nossa agenda!

 

Sendo assim, todos para a Sala!

 

Share
PRÓXIMO
ANTERIOR