23.08.2013
O sotaque universal de Consuelo de Paula

Hoje na Sala às 20h:

 

Consuelo é cantora, compositora, poeta, diretora artística e produtora musical de seus próprios trabalhos. Durante sua carreira lançou Samba, Seresta e Baião (1998); Tambor e Flor (2002); Dança das Rosas (2004). Em junho de 2008 foi produzida no Japão a coletânea desses três álbuns, batizada de Patchworck, resultado de sua obra ter obtido destaque na capa do Guia Japonês Brasilian Music (Massato Asso), que selecionou os 500 melhores CDs da música brasileira de todos os tempos.

 

Em 2011, lançou seu primeiro livro, A Poesia dos Descuidos (Consuelo de Paula e Lúcia Arrais Morales), premiado pela Secretaria de Cultura do Estado de SP, e também seu primeiro DVD Negra, gravado ao vivo no Teatro Polytheama de Jundiaí.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share
PRÓXIMO
ANTERIOR